Em formação

Recall de doces e produtos lácteos chineses

Recall de doces e produtos lácteos chineses

A União Europeia acende um sinal de alarme. Produtos como biscoitos, balas mastigáveis, pães, doces, chocolates, iogurtes e leite em pó podem estar contaminados com melamina, a substância que causou danos renais a cerca de 53.000 crianças na China, das quais quatro morreram.

São as crianças que estão ameaçadas de envenenamento. A ingestão desses produtos por menores pode representar uma ameaça à sua saúde. Um excesso de melamina no corpo causa insuficiência renal. Por esse motivo, não apenas os países europeus estão proibindo a comercialização desses produtos; os da Ásia e da África também.

Por sua vez, as autoridades chinesas destacam que, desde o último dia 14 de setembro, o seu leite não contém melamina, pelo que se espera que não entrem em pânico Entre os muitos produtos proibidos, encontram-se os doces da marca White Rabbit (Coelho Branco). O Ministério da Saúde espanhol vai coletar amostras desses doces chineses para verificar se estão contaminados com melamina, como medida preventiva. Na Espanha, esses doces são vendidos em restaurantes e lojas de origem chinesa. E hoje em dia uma remessa desses doces foi encontrada em uma loja de produtos asiáticos em Sevilha, em Barcelona, ​​depois de terem sido retirados no Reino Unido e em outros países.Vilma Medina. Editor do nosso site

Você pode ler mais artigos semelhantes a Recall de doces e produtos lácteos chineses, na categoria Saúde no local.


Vídeo: CRIANÇAS REAGEM A DOCES ANTIGOS (Setembro 2021).