Em formação

Não é mais possível pedir 'bebês à la carte'

Não é mais possível pedir 'bebês à la carte'

A clínica do American Fertility Institute, que oferecia "bebês sob demanda", reverteu o problema. Suspender pelo menos por enquanto a polêmica oferta após o alvoroço causado por sua divulgação na sociedade mundial.

Os responsáveis ​​pela clínica reconhecem o aparente impacto social negativo causado pela notícia e dizem que ficarão atentos à opinião pública.

Jeff Steinberg, seu fundador e pioneiro da FIV na década de 1970, disse não estar preocupado com a polêmica ou assustado com as críticas, mas acredita que o melhor no momento é continuar oferecendo diagnóstico genético pré-implantação apenas para pais com albinismo ou outras doenças genéticas da pigmentação da pele e para prevenir doenças fatais em bebês.

O procedimento dessa técnica é semelhante a outras já utilizadas na reprodução assistida.

Uma célula de cada embrião é analisada para certas doenças genéticas, e apenas embriões saudáveis ​​são implantados no útero da mãe.

Por outro lado, alguns especialistas do setor denunciaram que o pedido “bebês a la carte”, proposto por esta clínica, era mera estratégia publicitária, e que ninguém ainda é capaz de garantir a seleção de embriões com características físicas específicas como como a cor dos olhos, pele ou cabelo.

Vilma Medina. Diretor do nosso site

Você pode ler mais artigos semelhantes a Não é mais possível pedir 'bebês à la carte', na categoria Ficar grávida no local.


Vídeo: Quando o bebê começa a mexer? PALAVRA DO ESPECIALISTA (Janeiro 2022).