Em formação

Gripe suína: cuidados infantis em viveiros

Gripe suína: cuidados infantis em viveiros

Devido à gripe, muitas creches e escolas foram temporariamente fechadas no México para evitar que o vírus se propagasse entre as crianças. Se você não mora no México e seu filho frequenta uma creche ou jardim de infância, é bom ficar atento a algumas dicas sobre os cuidados no manejo das crianças em suas instalações.

Além de seguir as medidas gerais de prevenção e controle da gripe suína, ou seja, lavar as mãos com água e sabão após tossir ou espirrar, antes de comer e tocar os olhos, boca e nariz, deve-se encorajar os cuidadores do berçário a: - Lavar as mãos e brinque com água e sabão, evitando qualquer sujeira.

- Lave sempre as mãos após o contato com as secreções nasais e orais das crianças, principalmente quando a criança tiver coriza ou espirros - Cuidado com crianças com tosse persistente, febre alta e dor de garganta, se houver notificação de surto de gripe na cidade onde você ao vivo. O centro educacional deve informar os pais sobre qualquer mudança na saúde de seu filho - Evite o contato de uma criança doente com outras pessoas. Aconselha-se que a criança doente não vá ao centro educacional, como medida para evitar a transmissão da doença .- Avise a secretaria municipal de saúde se notar que há um aumento do número de crianças que não o fazem. comparecer ao posto por problemas Essas medidas são importantes não só porque nos referimos à prevenção da gripe suína, mas porque também podem ser eficazes para evitar doenças como varicela, conjuntivite, entre outras.Vilma Medina. Editor do nosso site

Você pode ler mais artigos semelhantes a Gripe suína: cuidados infantis em viveiros, na categoria de Educação Presencial.


Vídeo: Como o Coronavírus pode levar a Morte. IMEB (Dezembro 2021).