Em formação

Um menino de muita sorte

Um menino de muita sorte

A sorte deve ir em busca dele, embora às vezes pareça que vem sozinho. E se não contar a James, um menino de quatro anos, que acidentalmente desenterrou um raro pingente de ouro do século 16, que poderia ter pertencido à família Henrique VIII e valer quatro milhões de euros.

O menino teve sorte, mas não foi tudo por acaso. Ele estava brincando com um detector de metais que seu avô lhe deu e foi seu pai, Jason, de 34 anos, que fez um buraco na lama e desenterrou o pingente de ouro. A pequena joia tem 25 mm de comprimento e, desde James encontrado, foi submetido a testes rigorosos. Parece ter sido feito na Idade Média e tem 73% de ouro. Os nomes dos reis estão escritos incorretamente no medalhão, mas a gravura era popular no século XVI.

A família, que mora na cidade britânica de Essex, não quer vender o medalhão até ter uma ideia precisa de seu valor. O British Museum e o Southend Museum já manifestaram interesse em adquirir a relíquia. Devido à importância do achado, o lucro obtido pela família de Tiago deverá ser dividido com o proprietário do terreno no qual o objeto foi enterrado. Espero que o achado tenha sido de muita sorte para Tiago e sua família, pois nunca esquecerei uma reportagem que a Televisión Española transmitiu no programa Informe Semanal. Os repórteres visitaram famílias que haviam ganhado na loteria 10 anos antes. 90 por cento dos vencedores estavam falidos, vivendo pior do que antes ou, pelo menos, o mesmo de quando receberam o prêmio e, o pior de tudo, brigaram com as famílias. Porém, desde este final de semana, já meu bilhete de loteria de Natal. Caso soe a flauta e porque estou convencido de que a sorte não vem sozinha, você tem que ir procurá-la e sem uma décima não há participação.Marisol New.

Você pode ler mais artigos semelhantes a Um menino de muita sorte, na categoria Lazer no local.


Vídeo: O MENINO PERDIDO - NOVELINHA COMPLETA - PEDACINHO DE AMOR (Janeiro 2022).